Ter um plano de saúde se tornou essencial há muito tempo. Mas na hora de fazer a contratação, é normal surgirem algumas dúvidas. Continue lendo o texto e confira 4 dicas sobre como escolher o melhor serviço! Plano de saúde individual: o que é? O plano de saúde é um serviço oferecido por empresas privadas, conhecidas como operadoras, com o objetivo de prestar assistência médica, hospitalar (com ou sem obstetrícia) e, em alguns casos, odontológica. Ele pode ser individual, familiar (com um titular responsável pelo plano), ou um plano de saúde empresarial, que é aquele destinado aos colaboradores de uma empresa. Além disso, ele também pode ter abrangência regional ou nacional. Vale lembrar que o plano de saúde se difere do seguro de vida familiar, já que o primeiro garante atendimento médico e hospitalar para você ou para sua família, e o segundo é uma garantia financeira em caso de imprevistos, como a falta do titular. De qualquer maneira, ambas as contratações são importantes e devem fazer parte do dia a dia da população. Como funciona o plano de saúde? Resumidamente, a operadora irá disponibilizar um guia com uma rede de serviços disponíveis para o contratante - de acordo com o contrato - como clínicas, laboratórios, hospitais e profissionais, cobrando uma mensalidade pelo uso. É importante ressaltar que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) define uma lista de consultas, exames e tratamentos que os planos de saúde devem oferecer, conforme os tipos de contratação. Então, vale ficar atento! O que é coparticipação em plano de saúde? Alguns planos de saúde possuem a opção de coparticipação. Eles tendem a ser mais baratos, uma vez que o contratante pagará, além da mensalidade, uma taxa para a utilização dos serviços disponíveis. Para saber o que vale a pena para você e sua família, vale levar em consideração a frequência que vocês utilizarão o plano e decidir entre um com coparticipação ou sem coparticipação. Qual plano de saúde cobre cirurgia plástica? Essa dúvida é comum em muitas pessoas. Porém, de acordo com a ANS, os planos de saúde não têm obrigação de cobrir cirurgias plásticas, exceto em casos de reparação. Portanto, esse é um serviço que costuma ser particular. O que é carência no plano de saúde? A carência do plano de saúde nada mais é do que o tempo que o contratante terá que esperar para ser atendido ou realizar determinados procedimentos com cobertura do plano. Essa informação deve constar em contrato, sendo que a ANS também estabelece alguns prazos obrigatórios a serem cumpridos, como: 24 horas para urgência e emergência; 30 dias para consultas e exames simples; 180 dias para exames complexos; 180 dias para cirurgias e internações; 300 dias para parto; E 360 dias para doenças pré-existentes. Qual o melhor plano de saúde? Os melhores planos de saúde são aqueles que mais se adequam a você e a sua família. Afinal, existe uma diversidade gigantesca de planos, como: plano de saúde, Bradesco, Amil, Sulamérica, dentre muitos outros. Mas, para te ajudar, separamos algumas dicas para você: 1- Entenda o que você e/ou a sua família precisa O plano de saúde deve atender a necessidade do contratante. Se você viaja muito dentro do país, por exemplo, vale a pena ter um plano de saúde nacional, dentre outros aspectos a serem levados em conta. 2- Saiba quanto você pode pagar Existem planos de saúde dos mais diversos preços, variando de acordo com as necessidades de contratação. Portanto, avalie quanto você está disposto a pagar antes de escolher o plano. 3- Veja a reputação e histórico da operadora Essa dica é muito importante! Antes de assinar o contrato, acesse o site da ANS e consulte a reputação da operadora. 4- Saiba qual o tempo de carência Você deve estar ciente em relação a essa informação, para saber quando poderá utilizar o serviço contratado. Essa informação deve estar clara em contrato e deve ser cumprida pela operadora. Plano de saúde: preços Assim como a pergunta “quanto custa um seguro de vida”, saber quanto custa um plano de saúde vai depender dos procedimentos que estão disponibilizados no plano contratado. O preço pode variar bastante, por questões como: enfermaria versus quarto particular; Com coparticipação ou sem; Nacional ou regional, dentre outros aspectos. Portanto, vale conversar com o corretor de seguros e entender o que melhor se encaixa nas suas necessidades e no seu bolso. Ainda tem dúvidas sobre a escolha do plano de saúde? Conte com a gente nesse processo! Envie uma mensagem hoje mesmo!

Plano de saúde: 4 dicas para contratar o melhor serviço

Ter um plano de saúde se tornou essencial há muito tempo. Mas na hora de fazer a contratação, é normal surgirem algumas dúvidas. Continue lendo o texto e confira 4 dicas sobre como escolher o melhor serviço! Plano de saúde individual: o que é? O plano de saúde é um serviço oferecido por empresas privadas, …

Plano de saúde: 4 dicas para contratar o melhor serviço Leia mais »