fbpx

Seguro de Vida: Como Funciona?

Seguro de Vida: Como Funciona?

Uma mudança de hábito dos brasileiros tem chamado a atenção para que mais pessoas queiram saber sobre como funciona o Seguro de Vida. Saiba mais.

Embora ainda esteja muito distante da média de adesão global, uma mudança de hábito dos brasileiros tem chamado a atenção para que mais pessoas queiram saber sobre como funciona o seguro de vida.

Entenda tudo sobre o que é o seguro de vida, como funciona o seguro de vida, seus benefícios e como fazer sua contratação individual ou em grupo. E saiba também como funciona o seguro de vida nas empresas e quais as diferenças.

Seguro de vida: como funciona?

Para entender como funciona um seguro de vida, é importante saber que essa é uma modalidade de seguro que visa a segurança do contratante, por meio de assistências e coberturas que são usadas ainda em vida (como doenças graves, invalidez por doença ou acidente, etc.), bem como visa garantir a segurança financeira da família ou entes queridos no caso de um evento inesperado, como o falecimento do titular.*

*Consulte seu corretor para condições de contratação.

É possível dizer que o seguro de vida vale a pena, especialmente porque algumas situações imprevisíveis podem colocar o titular do seguro, bem como seus familiares/dependentes financeiros em uma situação delicada.

Além do abalo emocional que a situação relativa ao óbito de um familiar gera, preocupações com questões financeiras podem ser evitadas com a contratação de um seguro de vida.

Outro fator a ser levado em consideração é o fato de a indenização do seguro de vida não entrar em inventário, estar livre da tributação de imposto de renda, dentre outros fatores que auxiliam os familiares no uso do capital contratado para saldar dívidas, manutenção dos padrões de vida familiar ou fazer o pagamento de mensalidades escolares/universitarias.

Seguro de vida: indenização

O valor da indenização que é repassado aos beneficiários, indicados pelo titular, vai depender do tipo de contrato e de quais coberturas serão escolhidas. Por isso a importância de se entender como funciona o seguro de vida.

O titular do seguro tem livre escolha para a definição dos seus beneficiários, respeitando as normas definidas pelo Código Civil Brasileiro. Esse é um dos motivos pelos quais é de fundamental importância o intermédio de um corretor de seguros para prestar todo o auxílio no processo de contratação do seu seguro de vida, de forma a garantir que a contratação venha a suprir todas as necessidades de acordo com o perfil do contratante/proponente.

Mas o contratante/proponente também tem alguns deveres com a seguradoras, por exemplo: o proponente, representante ou corretor de seguros não devem fazer declarações inexatas ou omitir circunstâncias que possam influir na aceitação da proposta de adesão ou no valor do prêmio, pois ficará prejudicado o direito à indenização, além de estar o segurado obrigado ao pagamento do prêmio vencido.

Seguro de vida coletivo: como funciona

Muitas pessoas não sabem a abrangência dos seguros de vida e nem os tipos de opções de contratação que estão disponíveis para dar mais segurança aos contratantes de uma apólice. 

A primeira distinção é que os seguros podem ser individuais ou coletivos, ou seja, neste último caso são contratados por uma empresa, que figuram como Estipulantes (Pessoa Jurídica com poderes de representação de uma massa segurada) nessa contratação.

Seguro de vida empresarial: como funciona

Você já se perguntou como funciona o seguro de vida nas empresas?

No seguro individual as condições serão discutidas entre o contratante e a seguradora, tendo como base para precificação a faixa etária versus capital segurado, dentre outros fatores.

Já no seguro de vida empresarial, suas coberturas dependerão das condições negociadas entre corretor, estipulante e seguradora. Neste caso, o estipulante/funcionários poderão optar entre duas modalidades de pagamento:

  • Contributário – Onde o colaborador arca com parte ou totalidade dos custos do Seguro de Vida;
  • Não Contributário – Empresa arca com os custos totais do seguro de vida.

Diferentemente do seguro de vida individual, a precificação do seguro de vida empresarial/coletivo terá como base a faixa etária média dos colaboradores que poderão aderir à apólice versus capital segurado.

Seguro de vida para estagiário: como funciona?

O seguro de vida para estagiário é previsto por lei – Lei do Estágio (nº 11.788/2008). Portanto, a apólice de seguro estagiário deve constar no Termo de Compromisso de Estágio, sendo que o estudante não arca com nenhum custo por isso.

Esse seguro se trata, na verdade, de um seguro para acidentes pessoais, com cobertura para morte ou invalidez (total ou parcial) proveniente de acidentes.

A principal diferença entre um seguro de vida comum e o seguro de vida para estagiário é que, no primeiro, a cobertura por morte natural está inclusa. Já no seguro de acidentes pessoais, a cobertura será exclusiva para o caso de acidentes.*

Ou seja, qualquer acidente que ocorra de maneira repentina, provocando um óbito ou lesões físicas, vai proporcionar a indenização de acordo com o que está incluso na apólice. *

*Consulte seu corretor para condições de contratação. 

Quais coberturas o seguro de vida garante?

As garantias do segurado estão nas coberturas escolhidas no ato da assinatura do contrato. 

Embora a cobertura mais conhecida pelas pessoas seja para a morte, o seguro de vida também poderá ser contratado para muitas outras situações de emergência e beneficiar o próprio contratante, como no caso de doenças graves ou invalidez.

Conheça algumas coberturas:

Quais coberturas o seguro de vida garante? As garantias do segurado estão nas coberturas escolhidas no ato da assinatura do contrato. Embora a cobertura mais conhecida pelas pessoas seja para a morte, o seguro de vida também poderá ser contratado para muitas outras situações de emergência e beneficiar o próprio contratante, como no caso de doenças graves ou invalidez. Conheça algumas coberturas: Morte por Acidente ou Doença; Invalidez Permanente Parcial ou Total Acidente (IPA); Invalidez Funcional Total por Doença (IFPD); Diárias de Incapacidade Temporária (DIT); Diárias por Internação Hospitalar (DIH); Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas (DMHO); Diagnóstico de Doenças Graves (DG)

Como fazer o seguro de vida?

Depois de saber como funciona o seguro de vida, o “como fazer” é o próximo passo. 

Após escolhido o capital que deseja contratar e selecionadas as coberturas, os contratantes deverão determinar beneficiários, ler todos os tópicos do contrato e ficar muito ciente em relação às cláusulas de carência, riscos, abrangência das coberturas e até mesmo a disponibilidade de certos produtos das apólices específicas.

Quando o contratante não define quem será o beneficiário de seu seguro, a indenização é paga aos herdeiros legais, que são aqueles que terão grau de parentesco mais próximo, como cônjuges e filhos, em respeito ao discriminado no Código Civil Brasileiro.. 

Na ausência desses, entram os ascendentes, como pais, avós ou bisavós. Quando o contratante também não tem esses ascendentes, irão ser beneficiados os irmãos, primos e assim por diante, sempre no grau mais próximo de parentesco.

Como funciona o pagamento do seguro de vida?

Para cobertura de morte, caso o contratante faleça e o contrato estiver dentro do prazo vigente, para pleitear a indenização, os beneficiários deverão comunicar o corretor ou estipulante no caso de apólice coletiva, ou a seguradora, enviar toda a documentação solicitada e aguardar a aprovação para liberação da indenização contratada. O seguro de vida sendo contratado através do intermédio de uma Corretora de Seguros, a recomendação é sempre acionar o seu corretor para solicitar auxílio nesse processo. 

Conforme determinação da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o prazo para análise do processo é de 30 (trinta) dias corridos a partir da entrega de todos os documentos básicos. 

No caso de solicitação de documentação e/ou informação complementar, por parte da seguradora, ou caso algum documento tenha sido enviado de forma equivocada, o prazo de 30 dias será suspenso, voltando a correr do zero a partir do dia útil subsequente àquele em que for encaminhada a documentação em falta e/ou corrigida.

Como funciona: apólice de seguro de vida

A apólice de seguro de vida nada mais é que um contrato entre a seguradora e o segurado. 

Nela, constam as regras de contratação do seguro, como: valores que os beneficiários têm direito caso alguma das situações previstas em contrato ocorram, os riscos a que o segurado está sujeito em seu dia a dia e as coberturas previstas. 

Nela, também estão as responsabilidades e deveres do segurado e da seguradora, quem são os beneficiários e as formas de pagamento do prêmio. 

Seguro de vida: a visão da Executiva

A Executiva Corretora de Seguros está sempre atenta para oferecer a maior tranquilidade e o produto mais adequado para os clientes. 

Afinal, nos momentos difíceis da vida, dar a certeza que os beneficiários poderão contar com o amparo financeiro proporcionado pela indenização paga pela Seguradora, bem como o contratante terá assistências e coberturas para usar ainda em vida, caso necessário, é o mais importante para nós.

Nosso objetivo é garantir o melhor auxílio nessas horas, para isso, estamos sempre atentos às tendências do mercado, como nas variações que ocorreram com seguro de vida e pandemia.

Se você quer saber mais sobre seguro de vida individual, coletivo ou empresarial e quanto custa um seguro de vida, estamos prontos para proporcionar um serviço 100% consultivo. Entre em contato com um de nossos consultores e solicite uma cotação!

Leia também: Seguro de vida familiar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *